fbpx

Emília Corrêa: A Câmara é independente, não precisa de convocação do Executivo

Emília Corrêa: A Câmara é independente, não precisa de convocação do Executivo

Não há motivos para não ter Sessões, pois existem os recursos tecnológicos que nos permite trabalhar de maneira virtual e cumprir o decreto”, foi dessa forma que a vereadora Emília Corrêa (Patriota) criticou a decisão do presidente do legislativo municipal, Josenito Vitale (PSD), ao afirmar que os vereadores vão passar o mês de abril todo “em quarentena”.

Segundo a parlamentar, há pautas relevantes, e, o próprio presidente já havia comentado que estava tudo preparado para haver as sessões online.”Quero deixar bem claro que nos bastidores da CMA, nós, vereadores, temos nos posicionado a favor das sessões online. O Brasil todo está fazendo desta forma e se esforçando. Não somos diferentes de ninguém. Podemos muito bem trabalhar de casa, seguros, e cumprir nossa obrigação. A Câmara precisa respeitar os aracajuanos. É necessário retomar os trabalhos”, declarou.

Ainda de acordo com Emília, o Regimento Interno permite que os trabalhos sejam realizados dessa maneira. “As discussões, inclusive, em relação ao combate à Covid-19, seriam de extrema importância, acontecer em termos de parlamento. Nos foi passado que que até data já tinha para iniciar os trabalhos dessa maneira, e, de repente, surge outro posicionamento. Que só haverá se for convocado extraordinariamente. A CMA é independente. Não precisa de convocação do Executivo”, afirmou.

“Não há motivos para não ter Sessões, pois existem os recursos tecnológicos que nos permite trabalhar de maneira virtual e cumprir o decreto”, foi dessa forma que a vereadora Emília Corrêa (Patriota) criticou a decisão do presidente do legislativo municipal, Josenito Vitale (PSD), ao afirmar que os vereadores vão passar o mês de abril todo “em quarentena”.

Ascom

Compartilhar este post