fbpx

Emília destaca crescente índice de violência contra a mulher

Emília destaca crescente índice de violência contra a mulher

 

Em poucos dias muitas mulheres ganharam destaque na mídia (local e nacional) pelo mesmo motivo: vítimas de algum tipo de violência. O fato chamou atenção da vereadora Emília Corrêa (Patriota) que também exerce a função de Presidente da Procuradoria da Mulher na Câmara Municipal de Aracaju (CMA) e externou sua indignação na Tribuna da Casa.

“Diariamente, a cada hora, esse número aumenta, infelizmente, mas vou exemplificar os dados alarmantes através de quatro casos, para vocês terem uma ideia da problemática: Luciana, Gabriela, Edilene, Klara. Elas chamaram muita atenção para todas as outras mulheres. Cada uma sofreu um tipo de violência. Temos que colocar as o dedo na ferida, porque todas nós ficamos fragilizadas e nos sentimos afetadas quando uma mulher é violentada”, declarou.

Ao se aprofundar no caso da procuradora Gabriela Samadello Monteiro de Barros, agredida por um colega de trabalho dentro da Prefeitura
de Registro, Emília ressaltou que, neste caso, o agressor já está preso e que isso é necessário para tentar frear esse crime. “Vejam que absurdo: A agressão teria sido motivada pela abertura de um processo administrativo contra o procurador por conta de sua postura no ambiente de trabalho. Quer dizer, a mulher, agora, tem não tem paz nem no próprio trabalho. Graças a Deus, o responsável por essa covardia já está atrás das grades. Não é o suficiente, mas já é o começo e que sirva de exemplo para os outros machões”, afirmou.

A Presidente da Procuradoria da Mulher disse, ainda, que atos como esses desestabilizam as mulheres tirando, muitas vezes, do cenário onde elas merecem estar. “Tanto tipo de violência nos tira do prumo. Algumas, conseguem seguir adiante, mas o psicológico, não será mais o mesmo. É medo de se relacionar, medo de trabalhar, de seguir adiante, por conta da impunidade. Sonho com um dia que teremos um país em que estas notícias não ganhe repercussão”, concluiu.

 

 

Ascom

📸 Gilton Rosas

Compartilhar este post