fbpx

Emília questiona valor destinado ao Natal Iluminado

Emília questiona valor destinado ao Natal Iluminado

 

Iniciando sua fala afirmando que não é contrária ao
projeto Natal Iluminado, realizado pela Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) em parceria com Fecomércio nas praças Fausto Cardoso, Olímpio Campos e Almirante Barroso, a vereadora Emília Corrêa (Patriota) cobrou explicações, na Tribuna, do valor da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) no total de R$2.245.400,00 (Dois milhões duzentos e quarenta e cinco mil e quatrocentos reais) ao evento.

“A história que a gente escuta, é que a PMA não está gastando nada com o Natal Iluminado, que tudo é fruto de parcerias, mas então, esse valor de R$2.245.400,00 em contratos feitos pela Emsurb a uma empresa de iluminação é referente ao quê, exatamente?, questionou a vereadora.

Com o contrato em mãos, a líder da oposição na Casa, disse ainda, que para obter essas explicações de forma mais precisa, já protocolou um Requerimento. “O requerimento é, basicamente, para saber onde entra essa parceria com a Fecomércio. Se existe parceria ou parcerias, no caso, então a prefeitura não deveria destinar nenhum valor para isso, correto? Ainda mais nessas proporções”, declarou.

Guardas Municipais
Abrindo um parênteses ainda sobre a temática, a parlamentar comparou o investimento que foi realizado, enquanto os guardas municipais, que fazem a segurança dos locais, clamam por diálogo e valorização da gestão municipal. “Independente disso, a categoria já se sente, e, de fato, é desvalorizada pela gestão, mas em casos assim, elas se sentem bem abaixo de tudo. Há anos não têm diálogo nem reajuste salarial, mas são colocados, todos os anos, para garantir a segurança de um evento em que se investem milhões. É muito descaso com a categoria”, afirmou.

 

Ascom

📸Gilton Rosas

Compartilhar este post