fbpx

“Fiz o meu papel de vereadora”, diz Emília sobre derrubadas de emendas à LDO

“Fiz o meu papel de vereadora”, diz Emília sobre derrubadas de emendas à LDO

Votado em sua Redação Final nesta semana, a vereadora Emília Corrêa (Patriota) lamentou a derrubada de todas as emendas direcionadas ao Projeto Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que tiveram, em sua maioria, a justificativa de inconstitucionalidade.

“Me preocupo muito com projetos que sejam de interesse e que venham beneficiar à população. Tenho a convicção que fiz meu papel enquanto parlamentar. Se o PL é enviado pelo Executivo para Casa, cabe a nós, vereadores, propor emendas, e foi o que eu fiz. Mas infelizmente não adianta só ter vontade, criar projetos relevantes e eles serem barrados nas comissões durante a votação”, declarou Emília.

Segundo a vereadora, “inconstitucionalidade” tem sido o argumento para a derrubada de emendas da oposição mesmo há anos. “Não entendo como eles dizem que defendem os mais carentes, se no momento que podem atuar, votam contra. O que eles estão defendendo, afinal? Ser contra o planejamento da construção de creches e a construção de um cemitério público é defender os interesses do povo? Porque essas foram duas das dezenas emendas que foram integralmente rejeitadas. O que me leva a crer, na verdade, é que por ser um PL de minha autoria não pode passar”, pontuou.
A LDO é parte importante do plano de gestão municipal e segue a previsão de orçamento para o ano seguinte, cujo projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) será votado até o fim de 2020 pelos vereadores.

Compartilhar este post