fbpx

Emília Corrêa: o relatório da Saúde apresentado nesta Casa é um estelionato

Emília Corrêa: o relatório da Saúde apresentado nesta Casa é um estelionato

“É um desserviço quando quando esses relatórios quadrimestrais são apresentados no Legislativo Municipal. Eles, sem dúvidas alguma, não refletem a realidade sentidas pelo povo”, foi com esta fala que a vereadora Emília Corrêa (Patriota) avaliou a apresentação do 1º relatório quadrimestral apresentado pela secretária municipal de Saúde, Waneska Barbosa, no início da semana na Câmara Municipal de Aracaju (CMA).

Embora o balanço das ações das secretarias municipais esteja previsto na Lei Orgânica do município, segundo a parlamentar, a forma como os dados são apresentados, na verdade, é uma espécie de estelionato. “Com todo respeito a pessoa, porque não tenho nada contra a ela, mas enquanto gestora da pasta, deixa muito a desejar. O que ela faz aqui, maquiando uma realidade paralela, enganado ainda mais ao povo, com metas fantasiosas e que tudo está na mais perfeitas condições, não existe. É um grande desserviço”, declarou Emília.

*Hospital Santa Isabel*

Para reforçar seu argumento, a líder da oposição ainda destacou em seu discurso que informações que obteve durante fiscalização recente ao Hospital Santa Isabel e, que, contradizem com os dados repassados pela secretária. “Eu estive lá. Não ouvi de ninguém. Infelizmente, o que soube é que a a Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju (SMS) pretende retirar do contrato com o hospital, em média, 2.600 consultas da urgência pediátrica. Isso é vantajoso? Para onde irão essas crianças? É essa realidade que deve ser passada aqui, mas preferem a ilusão. O marketing da boa gestão em tudo”, afirmou.

 

Ascom

📸 Gilton Rosas

Compartilhar este post