fbpx

Emília pede que resolução da CMA seja revista

Emília pede que resolução da CMA seja revista

 

Desde que os trabalhos legislativos passou a ser de maneira remota, em virtude da pandemia, algumas alterações foram feitas nas Sessões, entre elas, é, que agora, as votações só ocorrem nas quartas, sendo terças e quintas destinadas para Pequeno, Grande Expediente que possuem o objetivo de discutir os problemas da cidade. Para a vereadora Emília Corrêa (Patriota), esse formato, tem causado morosidade ao andamento das atividades parlamentares.

“Mais uma vez, gostaria de fazer um apelo à Mesa Diretora da Casa, para que possamos trabalhar os três dias, como prevê o Regimento Interno; com Pequeno e Grande Expedientes, além da votação. Assim,  poderemos agilizar um pouco mais os trabalhos e analisar projetos de todos os vereadores. Será bom para a Câmara e, principalmente, para a população. A sugestão é  rever a Resolução n°2 que fora aprovada e  pela Casa e alterar o dispositivo correspondente”, afirmou Emília.

A líder da oposição ressaltou que já houve, inclusive, dias de ter “Sessão Relâmpago”, apenas com apreciação de Requerimentos e Moções nas pautas. “Questionei porque não acho correto e, muito menos justo com os aracajuanos (as). Temos tantos projetos antigos, de tantos vereadores para serem analisados e votados e proporcionar melhorias para nossa cidade, para dedicar um dia de trabalho exclusivamente com esses dois pontos que podem ser incluídos em qualquer momento das Sessões Ordinárias”, declarou.

 

Ascom

📸 Gilton Rosas

Compartilhar este post